Lançamentos, LIVROS

Conheça o romance “O Clube dos Herdeiros”, de Fabiana Madruga

17 de novembro de 2014

“O Clube dos Herdeiros pode não ser nada parecido com um conto de fadas… mas não há como não se apaixonar perdidamente por ele! “

 Um pouco sobre quem escreveu o livro:

Fabiana, carioca, nascida e criada em Copacabana. Formada em Direito na PUC, trabalhou um pouco na área e largou para escrever. Antes criou um blog, chamado “Experimenta, amiga!”, sobre moda e beleza. O que era um hobby se tornou algo sério e ganhou dois prêmios na categoria em dois anos seguidos. Em 2013 decidiu criar um livro, sabia que seria para o público jovem. “Clube dos Herdeiros” ficou pronto em um mês e meio. Depois veio Aristocracia Perdida e agora ela está no processo de criação do Clube dos Herdeiros 2.


Sobre Aristocracia Perdida:

É um prólogo do livro de estréia da escritora carioca Fabiana Madruga e está disponível apenas em versão e-book. Mas a escritora garante querer lançar ele quando tiver o físico dos outros dois da saga “O Clube dos Herdeiros” e colocar tudo em um box especial. O prólogo é narrado pela personagem Beatriz Weissman, – “A ideia de fazer aquele prólogo era dar uma chance da Beatriz se defender, ter um “direito de resposta”, antes mesmo de você saber o que ela vai aprontar no resto da história. “, conta a autora.

Sinopse – Aristocracia Perdida ( Prólogo de O Clube dos Herdeiros):

“Mas, como em toda monarquia, não somos nada originais em nosso sentimento de sermos únicos, pioneiros e eternos. Antes de nós, já havia uma geração de aristocratas na zona sul do Rio de Janeiro que parecia acreditar piamente na sua condição de deuses imortais. Mas o que aconteceu com todas aquelas promessas que pareciam contratos registrados em cartório com o destino? Bom, se você tiver qualquer interesse nisso, talvez te ajude a entender melhor os porquês da geração da qual faço parte.” (Do Livro)

O prólogo nos deixa com aquele gostinho de quero mais. A história se passa nos anos 80, tendo como personagens centrais, Lilian (mãe de Beatriz), Alice e Helô. As três eram melhores amigas no colégio Notre Dame. Diividido em capítulos temos um pouco da história de cada uma. O livro tem apenas 15 páginas, porém  apresenta muito bem seus personagens e serve de boa bagagem para entendermos as tramas que virão com “O Clube dos Herdeiros”.


Sobre O Clube dos Herdeiros:

O Clube dos Herdeiros (livro), ainda não tem data de lançamento.

“O livro é narrado por uma terceira pessoa, uma narradora oculta. Mas ela fala com o leitor da como se estivesse conversando diretamente com ele.”

Sinopse – Clube dos Herdeiros – Bem vindo à selva! 

Hoje deve ser seu dia de sorte. Sim, é com você que estou falando! Ao virar a próxima página, será como se tivesse ganhado um passe livre, uma tão cobiçada credencial, um passaporte com visto para um mundo que mal se vê pela fechadura. Você poderá conhecer cada um dos membros da nova aristocracia do Rio de Janeiro e saber o que realmente se passa na vida, na cabeça e no coração deles (e eu aposto como você jurou que isso nem existia!). Só me sinto na obrigação de te alertar a respeito do principal perigo que ameaça aqueles que se julgam sortudos por cruzar essa linha: você vai descobrir que as coisas podem não ser como você imaginava, e ter vontade de correr de volta para o seu mundo seguro, que antes pareci a tão medíocre. Mas não precisa correr tanto. No meio do caminho eu sei que você vai dar meia-volta e perceber que não vai mais a lugar nenhum. O Clube dos Herdeiros pode não ser nada parecido com um conto de fadas… mas não há como não se apaixonar perdidamente por ele! Pense bem antes de aceitar o convite: existem festas que duram a vida inteira…

O livro conta a história de  Manuela, Helena, Guilherme e Henrique, quatro adolescente que nasceram em berço de ouro e que fazem parte do clã que representa a nova aristocracia carioca – o Clube dos Herdeiros. Mas não se engane, a vida deles não é tão perfeita assim. Em meio de intrigas, festas, traição e muita bebida! Uns dizem que vocie pode se apaixonar pelos personagens e ter raiva de outros. E que você pode mudar o seu conceito com muitos outros, não se engane. Eles podem ser ricos, mas até as estrelas não possuem seu brilho eterno.


Algumas pessoas ao ler a sinopse, identificaram como uma possível versão brasileira do livro que se tornou um seriado de bastante sucesso na televisão americana: Gossip Girl.

Fabiana se defendeu: “Eu acho que lendo a sinopse, pode ser que surja essa impressão sim. E não seria injusta! (risos) Mas quem ler o livro vai ver que os personagens são muito diferentes, muito próprios. E o fato da história ser carioca dá uma personalidade diferente a ela. O Rio é personagem de O Clube dos Herdeiros como NY era personagem de Gossip Girl!” e ainda acrescentou “Mas a Cecily foi uma das minhas maiores inspirações. Mais como tema do que como forma de escrever. Isso influencia bastante. Mas sabe quem também me inspirou muito? Clarice Lispector, em um livro que li quando pequena chamado “A mulher que matou os peixes”. Ela falava direto com o leitor, isso me impressionou muito. Se tornou uma marca minha também. E, outra: parecer com Gossip Girl não é nada ruim pra mim! (risos) acho um elogio.”

O que a Fabi espera do livro:

“O que eu espero? Eu fico muito ansiosa para ver a identificação das pessoas com ele. Hoje meu grupo de Beta tem em torno de 15 pessoas. E cada uma tem uma visão muito diferente! Umas amam um personagem que outras detestam, defendem um lado, condenam o outro, adoram uma cena que eu nem achei tão legal ou nem dão bola pra um detalhe que eu amei…enfim, eu amo o fato do livro ter vida própria! O que eu quero é isso, que cada um tenha um  ‘Clube dos Herdeiros’  pessoal.”

Você Também Poderá Gostar

Comentários

Deixe seu comentário