Beleza

Especial Tattoos #5 – Perguntas frequentes sobre tatuagens

21 de novembro de 2014

Para fechar com chave de ouro a semana especial sobre tatuagens, o Delírios de Donzelas ouviu dois tatuadores sobre as dúvidas mais comuns sobre o assunto.

A tatuadora Danielle Perrone, 33 anos, tatuadora há 11, do Perrone Tattoo Studio, na Ilha do Governador, respondeu algumas perguntas frequentes sobre tatuagens.

Delírios de Donzelas: O que é importante ser feito antes de tatuar?

Dani Perrone (Foto: Divulgação)

Dani Perrone (Foto: Divulgação)

Danielle Perrone: Primeiramente, escolher o profissional que você achar mais qualificado a realizar o estilo de trabalho que você deseja. Eu sempre digo para as pessoas identificarem o estilo do trabalho desejado, e a partir dai procurar um especialista. Se o cliente é exigente e pretende ter um trabalho perfeito por toda a vida, não procure preço. O mais importante mesmo é avaliar bem cada profissional. Se o profissional tem a preocupação de oferecer um bom serviço, você não terá problemas como descumprimentos de horário, higiene, produtos de baixa qualidade e outros motivos de incomodo.

É importante também o cliente se autoanalisar, perceber se o local onde receberá a tattoo está com a pele intacta, sem alergias, descascando por queimadura solar, com ferimento recente. A pele não pode ter passado por processo químico, ácido ou de abrasão.

Quais fatores considerar na escolha do desenho?

DP: Como o gosto pessoal pesa muito, essa é uma pergunta muito relativa. Porém acredito que há desenhos que podem não combinar com a anatomia do cliente. Cada indivíduo é único e nem sempre o que fica bom no artista da TV vai ficar bom em você, por exemplo. Peça sempre a opinião do seu profissional, mas antes é legal que você avalie se ele tem bom gosto também.

Quais cuidados são necessários com uma tatuagem recém-feita?

DP: Não expor ao sol e a situações de calor intenso, como, por exemplo, praia, sauna e piscina. Roupas apertadas, atritos, pancadas e compressões, deitar-se sobre o local tatuado, podem atrapalhar na cicatrização. Use os produtos apropriados para a cicatrização se for de recomendação do profissional. Pergunte sempre ao seu tatuador. O mais importante manter o local limpo e seco.

Qual cor de tatuagem combina com o cada tom de pele?

DP: Peles super brancas, brancas e um pouco amareladas recebem bem todas as cores de pigmento. Já a pele morena e bronzeada começa algumas limitações como a tons de amarelo ouro, alguns rosas e lilás. Da pele morena escura a negra opte sempre por trabalhos em preto e cinza (sombreados). E em caso de peles super negras, ai vai de o próprio cliente avaliar se ele quer ter uma tatuagem preta que não será muito aparente.

Depois de quanto tempo rola entrar no mar e na piscina?

DP: Se ocorrer tudo bem na cicatrização, acredito que em torno de três semanas ou quando não houver mais casquinha no local (não vale arrancar a casca). Há algumas marcas de pigmentos que recomendam no mínimo um período de um mês e 15 dias para a exposição direta ao sol.

Pode tomar sol?

DP: Com proteção máxima, sim. Os melhores bloqueadores são os infantis.

Comer e beber qualquer coisa está liberado?

DP: É bom evitar aqueles alimentos popularmente ditos como “remosos”. Algumas carnes, como a de porco e seus derivados, frutos do mar, frutas muito ácidas, pelo menos entre os 4 primeiros dias.

Faz mal pra pele se tatuar?

DP: Acredito que não. Há quem defenda, há quem critique. A realidade é que não há nada comprovado que faça mal, tanto para a pele, quanto para saúde em si! Eu já ouvi falar sobre estudos que afirmam que pessoas tatuadas ficam menos doentes, pois o ato de tatuar- se promoveria uma resistência maior, um reforço a imunidade. Mas na dúvida consulte seu médico.

Quais são os lugares que mais doem?

DP: Mãos e pés, cabeça, costela, genitais e na parte interna da coxa.

Posso usar algum anestésico contra a dor?

DP: Poder até pode, mas, como profissional, não acho que seja necessário e até mesmo conveniente. Peça sempre a orientação do seu profissional.

E se eu me arrepender?

DP: Tatuagem é algo que não cabe esse sentimento. Mas se o arrependimento for pelo trabalho que não agradou, há possibilidade de reformas e coberturas. Consulte sempre especialistas, pois não são todos os tatuadores que possuem habilidade para tais coisas.

Mas se o arrependimento for pelo fato da tatuagem existir em você. Você não quer mais essa marca? Para isso existe o laser.

Outras dúvidas frequentes de quem quer se tatuar, respondidas pelo tatuador Fagner Zão, 32 anos, tatuador há 12:

Engordar ou emagrecer estraga a tatuagem?

Tatuador Fagner Zão dá dicas de cuidados para melhorar a cicatrização (Foto: Carol Danelli/Delírios de Donzelas

Tatuador Fagner Zão (Foto: Carol Danelli/Delírios de Donzelas

Fagner Zão: É muito difícil isso acontecer. O pior é que haja perda ou ganho brusco de peso, em pouco tempo, e isso gere estrias. O cuidado deve ser redobrado em áreas com esse tipo de lesão.

Tatuagem atrapalha na busca por um emprego?

FZ: É fato que profissões mais liberais permitem que o indivíduo tenha tatuagens. Nestas áreas, tamanho, cores e regiões tatuadas não importam, afinal, muitas vezes ela serve até como elemento de trabalho. Porém, ainda existem áreas que mantiveram algumas normas e padrões e, nestes casos, é melhor evitar tatuagens muito grandes, em regiões visíveis ou agressivas. É necessário lembrar que não existem regras para estes profissionais, são apenas costumes.

Posso doar sangue se tenho tatuagem?

FZ: O mais indicado é que a pessoa espere cerca de um ano para fazer a doação. Isso porque é esse o período em que o organismo precisa para criar os anticorpos necessários e ficar mais resistente contra doenças como HIV, chagas e hepatite que são facilmente transmitidas por doações de sangue, procedimentos com agulhas e outros similares.

Essa é uma medida essencial que inclusive está disponível no site do Pró-Sangue e faz parte dos pré-requisitos dessa etapa, assim como estar acima de 50 Kg e ter mais de 18 anos. Após esse período você poderá ir normalmente doar, pois depois da coleta é feito uma série de exames para saber se você é um doador favorável e não possui a chance de contaminar nenhum paciente.

Quem tem tendência a queloide não pode fazer tatuagem?

FZ: Mentira. A queloide ocorre quando há lesão profunda na pele. A tatuagem não causa este tipo de lesão, atuando apenas até a epiderme.

Com quantos anos posso fazer a minha tatuagem?

FZ: Somente a partir dos 18 anos. Antes disso, apenas com autorização dos pais.

Você Também Poderá Gostar

Comentários

Deixe seu comentário