Beleza, Química da Beleza

Os perigos por trás dos cosméticos!

26 de novembro de 2014

Oi galera, tudo bem? Há alguns dias postei sobre os componentes existentes em alguns cosméticos e hoje venho contar pra vocês os cuidados que devemos ter com eles, para que não sejam tóxicos e prejudiciais à nossa saúde. Vem conferir!

Shampoo:

Em muitas embalagens é possível verificar a seguinte frase “Conservar em ambiente sem contato com luz solar”, e você sabe o por que disso? Bom, os shampoos tem moléculas que podem ter as características alteradas pela incidência da luz solar, e essa alteração pode tornar substâncias “inocentes” em substâncias tóxicas para o corpo humano.

Tinta de cabelo:

Quem colore o cabelo está sujeito a excessiva e prejudicial exposição ao chumbo, metal pesado cancerígeno. A substância penetra no corpo pelo coro cabeludo e também pela inalação durante o processo de tintura. Por isso é recomendado o uso de máscara tanto para o cabeleireiro quanto para o cliente durante esse procedimento, visando diminuir os danos à saúde de ambos.

Cosméticos no geral (batons, sombras, pós compactos e etc..):

Possui o mesmo problema apresentado acima: a absorção do chumbo pelo organismo, mas dessa vez, ocorrendo pelos lábios e pela pele facial.

Esmaltes:

Os esmaltes no geral possuem substâncias extremamente alergênicas, ou seja, mais propensas a causar reações alérgicas quando em contato com o corpo humano. Caso aconteça qualquer tipo de reação do seu corpo com relação a esmaltes, a recomendação é que comece a usar esmaltes “especiais”, isso é, hipoalergênicos (sem formaldeídos) que oferece menos risco de causar alergia quando em contato com o corpo.

Escova progressiva (ou qualquer outro tratamento capilar envolvendo o uso de formol):

Há alguns anos foi muito discutida a questão de tratamentos para alisar os cabelos utilizando o formol. Essa substância tão condenada pode causar queimaduras nas vias respiratórias (inaladas durante o procedimento), irritação nos olhos e tem um alto potencial cancerígeno. Atualmente é liberado o uso de formol desde que a taxa não ultrapasse 0,2%. Porém segundo minha cabeleireira, quem deseja alisar o cabelo não fica satisfeito com tão pouco formol, já que esse é o responsável por alisar as madeixas. Então, saúde em primeiro lugar ou beleza?

Conta aqui pra nós se você já teve alguma experiência ruim com algum desses cosméticos ou se sabe de alguém que já teve, e lembre-se, SAÚDE EM PRIMEIRO LUGAR!

beijinhos e se cuidem!

Você Também Poderá Gostar

Comentários

Deixe seu comentário