COMPORTAMENTO, Relacionamentos, Sexo

Ditadura do encontro

7 de dezembro de 2014

Quem nunca ouviu os seguintes conselhos de uma amiga: “Deixa que ele te liga”, “Não corre atrás”, “Aaaah, você não pode falar para ele que está gostando”…

E você cai que nem uma patinha, não é?! Já dizia minha vó: se conselho fosse bom, seria vendido!

A coisa que a gente mais prega aqui no blog é que você deve agir conforme a sua cabeça. Se você acha que tem que ligar, chamar pra sair, mandar indiretas, é com você. A sua atitude por muitas vezes pode fazer com que a coisa ande pra frente.

Mas uma coisa deve ser dita: nada acontece se não tiver em conjunto. Se o cara não tiver a fim, não importa se você vai ligar ou se vai ficar conversando no Facebook, ele não vai querer. E aí, queridinha, é a hora de você meter a viola no saco e obedecer o mandamento divino: ame o próximo!

(Próximo, por favor!)

Não adianta eu ficar aqui, dando fórmulas e continuar com o blablabla que todas já conhecem, será em vão. Por isso consultei três amigos homens que me deram suas singelas opiniões sobre o assunto. Vejam:

Renan Oliveira, 23 anos – “Bom, depende muito do lugar em que nos conhecemos: se for em uma balada, eu posso até dar meu número, porém não ligo de jeito algum, se me ligar, beleza. Agora, se for outra situação, tipo, eu já estava mirando a menina e finalmente ficamos juntos, eu vou dar o melhor de mim, trata-la com toda atenção e carinho pra aí sim ela me procurar no dia seguinte. Ou seja: sou a favor que elas procurem sim, só vai depender da situação. Eu costumo ser bem direto, se a mulher corre atrás e eu não quero, eu já sou direto e falo que não quero e ponto.”

Daniel Lucas, 22 anos – “Acho legal as mulheres que correm atrás, ligam e tal. Porém, é necessário se atentar a forma como rolou da primeira vez. Foi em balada, foi em choppada da faculdade? Ficaram a noite toda ou foi só um pente e rala? Houve sexo ou não? Ele tava bêbado ou sóbrio? Dependendo das respostas é melhor esperar a iniciativa do cara.”

Renan Igor, 23 anos – “Eu ainda não acostumei com essa ideia, mas as mulheres dizem que os direitos são iguais, então acho que é legal. Se te faz bem,que mau tem? rs. Se ela gostou de ter ficado, acho que deve esperar sim, mas tudo com limites. Não vai deixar a menina esperando semanas achando que vai chegar depois e vai ser a mesma coisa! Se eu tiver gostado de ficar e ela procurar, não vai cair as chances de um repeteco.”

E aí, meninas?! Depois desses três depoimentos, o que vocês acham?!

Vão continuar esperando o Príncipe Encantado ou vão correr atrás do sapo pra ver se vira Príncipe?!

Você Também Poderá Gostar

Comentários

Deixe seu comentário