BEM ESTAR, MODA, Saúde

Salto alto para crianças: não senhor!

27 de dezembro de 2014

Nos dias de hoje muitas meninas abandonam as bonecas e preferem brincar com maquiagem, roupas e acessórios. Perdem a infância que tem se preocupando com coisas que não são para a idade delas. O uso precoce do salto pode causar má formação e crescimento dos pés e problemas na coluna e na bacia.

O salto alto pode atrapalhar o equilíbrio, propiciar o aparecimento de bolhas, lesões e até joanetes e o encurtamento da musculatura da panturrilha.

Por isso, papai e mamãe, quando for comprar uma sandalinha pra sua pequena, procure por sandálias folgadas, baixinhas, pois o pé precisa de espaço para crescer e se formar perfeitamente. Caso o desejo pelo salto seja incontrolável, compre uma sandália plataforma, mas mesmo assim não são indicadas.

Dicas importantes:
1º. Escolha o calçado de acordo com o pé da criança
2º. Troque o sapato da criança a cada seis ou oito meses
3º. Leve seu filho na loja para fazer um ‘test drive’
4º. Observe se o sapato não está apertado, se tem a largura exata do pé e um comprimento maior do que os dedos, para ficarem confortáveis
5º. Adote o uso de sandálias: elas permitem todo o movimento do pé sem compressão de áreas específicas
6º).Faça sempre um acompanhamento ortopédico dos pés das crianças

E para o sapato ser perfeito deve…
1º. Permitir a flexibilidade do pé
2º. Ter um tecido de cobertura macia e solado flexível para maior conforto
3º. Se a criança pratica esportes, escolha um tênis com sistema de amortecimento forte para amenizar o impacto

Mas criançada, o bom mesmo é andar e correr descalça e aproveitar essa fase maravilhosa que passa num piscar de olhos.

Você Também Poderá Gostar

Comentários

Deixe seu comentário