COMPORTAMENTO

Adoção de animais :)

22 de março de 2015

Todos os sábados quando volto da faculdade passo por uma pracinha onde está tendo adoção de animais. Fiquei apaixonada, cada um mais fofo, lindo e animado que o outro. Como não posso adotar porque os meus pais não deixam resolvi divulgar esse projeto que possui intenções tão nobres. Entrevistei a Michele Elloi que é uma das pessoas com que fez tornar esse projeto uma realidade.

Isa: É uma instituição?

Michele: Não, nós somos protetores independentes. O que isso significa? Resgatamos animaizinhos de rua, arcamos com toda despesa, colocamos na nossa casa e hospedagens, cuidamos, castramos, vermifugamos e vacinamos. Quando está “prontinho” trazemos para a “feira”. Quando é adotado o animal, encerra-se um ciclo e pegamos outros animais na rua. O que não falta é bichinho abandonado, sofrendo… Eles precisam de um lar. Já fazemos isso há mais de 10 anos, mas só agora conseguimos a licença para a “feira”.

foto Isabela Barcellos

foto Isabela Barcellos

Isa: Quando é feita a “feira”?

Michele: Conseguimos licença para fazer a “feira” todos os Sábados na Praça Afonso Pena de 9:30 as 18h.

Au Miau

Au Miau

Isa: Como uma pessoa faz para poder adotar?

Michele: Primeiro é necessário ter identidade, comprovante de residência e CPF. Depois é feita uma entrevista para saber se a pessoa tem amor e paciência suficiente, condições financeiras (são necessários cuidados veterinários e alimentação). Se passar pela entrevista fazemos um termo de adoção com todos os dados do adotante e esse passa a poder levar o bichinho para casa. Se for necessária alguma ajuda podemos fazer uma visita.

foto Isabela Barcellos

foto Isabela Barcellos

Isa: Qual a faixa etária média dos animais?

Michele: Não tem isso.  Pegamos desde a mãe que está pronta para parir até idoso. Aqui, por exemplo, tem filhotinho de 30 dias e de 5 anos. Não tem idade tanto para gatos quanto para cachorros.

foto Isabela Barcellos

foto Isabela Barcellos

Isa: Como é possível entrar em contato com vocês?

Michele: Temos uma página no Facebook chamada Au Miau Protetores Independentes. Lá colocamos os animais disponíveis para adoção, nossas necessidades, outras formas de contato, procuramos possíveis ajudantes, divulgamos as campanhas e os horários, todas as informações necessárias.

Isa: Quem trabalha aqui é voluntário?

Michele: Sim, eu e Flávia organizamos a “feira”, nós que temos a licença no nosso nome. Mas as outras pessoas são protetores independentes que trazem animais resgatados ou pessoas que vem para ajudar mesmo (fazer carinho, limpar, cuidar, organizar…).

foto Isabela Barcellos

foto Isabela Barcellos

Isa: De onde veio à ideia de colocar a feira neste local?

Michele: Participamos a mais de 10 anos de feiras (de Ipanema, Praça Saens Pena) de outras pessoas e a ideia de fazer a nossa própria surgiu porque as que estávamos participando estavam cheias e possuíam pontos da cidade que ainda não tinham como, por exemplo, a Praça Afonso Pena. Aqui é um ponto legal onde  famílias passeiam, bons adotantes podem passar e ter a oportunidade de poder adotar.

foto Isabela Barcellos

foto Isabela Barcellos

Isa: Qual a importância de adotar e não comprar um animal?

Michele: É muito importante, até destacamos isso no nosso banner. Muita gente não sabe o quão sofrido e absurdo é um animal viver só para dar a luz e vender, em condições insalubres. Aí você tem o outro lado que é o bichinho abandonado na rua precisando de um lar. Para quê gastar dinheiro para suprir capricho de raça?  Você pode adotar um animal que te dê tanto amor quanto o outro ou até mais. Adote, não compre! É muito animalzinho sofrendo precisando de um lar.

IMG_4861

Você Também Poderá Gostar

1 Comentário

  • leilampb2@yahoo.com.br'
    Reply LEILA MARIA PORTELLA BARCELLOS 22 de março de 2015 at 14:04

    Se as pessoas imaginassem como estes animais doam energia positiva para seus donos, energia curativa, não sobraria um sem dono. Hoje vivem comigo 4 cães e 6 gatos, todos me adotaram. Vivem juntos, dividem a mesma vasilha de comida e rolam brincando. Me esperam chegar da escola na porta e demonstram todo amor pulando,lambendo, miando, latindo…uma festa, me sinto importante, feliz, amada.
    Parabéns pela iniciativa de publicar a Feira de Adoção, estará contribuindo para a felicidade de muitos “donos”.

  • Deixe seu comentário