COMPORTAMENTO, MODA, Notícias

“Possivelmente percamos algum fã do Elton John, mas talvez ganhemos alguma mãe”, declarou Gabbana sobre as opiniões da dupla

19 de março de 2015

O assunto hoje pode ser polêmico (suspense), vamos falar sobre a richa entre Stefano Gabbana, Domenico Dolce e Elton Jhon, após uma entrevista que a dupla de estilistas deu a revista italiana Panorama, afirmando a crença que tem sobre a família tradicional, mas precisamente de que está é a família que acreditam e defendem. Na entrevista contaram algumas coisas polêmicas sobre fertilização in vitro e barrigas de aluguel.

“A única família é a tradicional. Sem ‘prole química’ e útero de aluguel: a vida é um fluxo natural, existem coisas que não deveriam mudar”; “você nasce de um pai e de uma mãe. Ou pelo menos é assim que deveria ser. Eu chamo os filhos da química de crianças sintéticas. Úteros para alugar, sêmen escolhido em um catálogo. A família não é uma moda”.

Coleção feminina "La Mamma"

Coleção feminina “La Mamma”


Tudo isso começou após o o último lançamento da griffe que retratou o valor da família na passarela, mas da família tradicional, o que obviamente causou estranhamento. Tanto na coleção feminina como na masculina.

 Elton John, com seus dois filhos e o marido David Furnish (diretor de cinema)

Elton John, com seus dois filhos e o marido David Furnish


Logo após a publicação da entrevista o cantor Elton Jhon, que tem dois filhos nascidos através da fertilização in vitro pela mesma barriga de aluguel em LA, manifestou sua indignação no Instagram em que disse:

“Como vocês ousam se referir a meus lindos filhos como ‘sintéticos’? Envergonhem-se por apontar seus dedinhos cheios de julgamentos para a fertilização in vitro – um milagre que possibilita que legiões de pessoas cheias de amor, tanto héteros quanto gays, realizem seu sonho de ter filhos. Seu pensamento arcaico está fora de compasso com os tempos, assim como seus costumes. Eu nunca mais usarei Dolce & Gabbana. #BoicoteDolceGabbana”.

Post no instagram de Sr. Elton Jhon

Post no instagram de Sr. Elton Jhon

A polêmica se disseminou nas redes e logo em seguida os estilistas retrucaram a postura de Elton Jhon, considerando-a como uma “intolerância às opiniões diferentes”, segundo palavras de Stefano Gabbana. Em comunicado oficial declaram:

“Acreditamos firmemente na democracia e no princípio fundamental de liberdade de expressão que a mantém. Estávamos falando de nossa maneira de ver a realidade, mas nunca foi nossa intenção julgar as escolhas das outras pessoas. Nós acreditamos em liberdade e no amor”

, disse Stefano.

“Sou siciliano e cresci em uma família tradicional, feita de uma mãe, um pai e crianças. Estou muito ciente do fato de que há outros tipos de famílias e elas são tão legítimas quanto a que conheço. Mas, em minha experiência pessoal, família tinha uma configuração diferente. Esse é o lugar onde eu aprendi os valores de amor e da família. Essa é a realidade em que cresci, mas isso não implica que eu não entenda realidades diferentes. Eu estava falando de meu ponto de vista, sem julgar as escolhas e decisões de outras pessoas”

, completou Domenico.

E os borburinhos não pararam por ai, a revista britânica Mirror relembrou uma entrevista concedida pela dupla, ainda enquanto casal, em 2005 na qual declararão o desejo de constituir uma família. E assim alguns os tem considerados como hipócritas talvez. Sobre esse desejo, não só próprio, mas de muitos gays, Dolce declarou sua opinião na revista Italiana “Eu acho que não podemos ter tudo na vida. Somos carentes de algo maravilhoso. A vida é um curso natural, algumas coisas não podem ser alteradas. E a família é uma delas.” Agora se a declaração foi um jogada de marketing ou uma declaração sincera não me interessa saber.
Bildschirmfoto-2015-03-17-um-13.27.59

Agora vamos lá, a Isa falou num post essa semana sobre o direito a liberdade de expressão e relacionamentos. O discurso de que LGBTs tem o total direito de viver como querem é o mais falado ultimamente, mas algo importante também a ser falado é o direito de não concordar. A liberdade de expressão deve ser uma garantia a todos, não só aos que são a favor da mudança na legislação sobre o núcleo familiar, como também aos que são a favor da família tradicional. O direito a liberdade de expressão é garantia constitucional e deve ser de fato, garantido a todos, bem como a segurança no ir e vir.

Considerar os estilistas como hipócritas por mudarem sua opinião, ou passarem a entender e aceitar que por meios naturais não podem constituir uma família, é sim uma forma de infringir seu direito a expressão e pensamento.
Difícil considerar e entender as opiniões de uma sociedade que não leva a ideias de liberdade que pregam a todos os lados. Acima de tudo acho que o que falta entre todos é o respeito, seja ele ao tradicionalismo ou a vanguarda. Não é possível que se sustente uma guerra entre a família tradicional e a vanguardista, ambas tem coisas a ensinar uma a outra!

Bem como declarou Gabbana ao Corriere della Sera “Não esperava (esta reação) de uma pessoa que considerava tão inteligente como Elton John. Mas, como pode? Prega-se compreensão, prega-se tolerância e depois nos agredimos? Só porque o outro pensa de forma diferente? E isso seria uma forma democrática de pensar? Iluminado? Ele é um ignorante, ou seja, desconhece que existem diferentes pensamentos do seu, igualmente dignos de respeito ”

A liberdade de expressão e opinião é um direito que compete a todos, repito TODOS!

É preciso não só mais tolerância, mas mais amor, que a meu ver precede o respeito. Amor ao igual, amor ao diferente, amor ao desconhecido, amor ao amigo, amor ao parente, amor ao irmão e não importa se ele é gay, hétero, verde, amarelo, petista, coxinha. Amor ao próximo como ama-se a si mesmo.

Você Também Poderá Gostar

1 Comentário

Deixe seu comentário