COMPORTAMENTO

Agência lança campanha #meninapodetudo contra o machismo

21 de maio de 2015

Pode parecer coisa de louco, mas em pleno século XXI 90% das mulheres, de 14 a 24 anos, moradoras de periferias brasileiras dizem que, por medo da violência, tem deixado de usar algumas roupas ou de frequentar alguns espaços públicos. Esse dado é da Agência Énois – Inteligência Jovem, que apresenta nesta quinta (21) os resultados da pesquisa sobre machismo e violência contra a mulher no Seminário Internacional Cultura da Violência Contra as Mulheres, que está rolando em São Paulo. A pesquisa ouviu 2.285 mulheres de 370 cidades em todo o território nacional. Os números, nada agradáveis, motivaram a agência a criar a campanha #meninapodetudo, lançada na última sexta-feira.

O local mais listado como inseguro ou sem respeito foi a rua. A dura realidade é que 94% das entrevistadas disseram já ter sido assediadas verbalmente e 77% fisicamente. Atitudes como a “encoxada” no transporte pública ou o assédio físico em boates entraram na lista de ações reprováveis, porém corriqueiras. 80% das respostas apontaram que o machismo afetou o desenvolvimento das mulheres. 86% das entrevistadas afirmam não se sentem representadas na mídia.

11329907_835168643242352_7872215810405829060_n

(Foto: Reprodução/Agência Énois)

Veja os resultados  completos:

41% já sofreram agressão física por homem
84% já sofreram agressão verbal por homem
77% afirmam já ter sido assediadas sexualmente
94% foram assediadas verbalmente
47% já foram forçadas a ter relações sexuais com o parceiro
90% já deixaram de fazer alguma ciosa com medo da violência
82% já sofreram preconceito por ser mulher
74% sentiram tratamento diferenciado dentro de casa por ser mulher
86% não se sentem representadas na mída
77% acham que o machismo afetou o seu desenvolvimento

A campanha #meninapodetudo divulgará vídeos educativos produzidos com dados na pesquisa.

Você Também Poderá Gostar

Comentários

Deixe seu comentário