ENTRETENIMENTO

Não existirá mais Capricho impressa :(

3 de junho de 2015

A Capricho anunciou hoje nas redes sociais que a revista impressa irá acabar. Poderemos continuar acessando o site diariamente, os produtos da linha deles continuarão vendendo e a única revista será a digital “Capricho Week”.

Imagem do Instagram da Ch

Imagem do Instagram da Ch

Imagem do Instagram da Ch

Imagem do Instagram da Ch

Imagem do Instagram da Ch

Imagem do Instagram da Ch

A Ch foi criada em 1952 por Victor Civita. Foi o primeiro título da Editora Abril e a primeira revista feminina do Brasil. Antigamente ela era uma revista de fotonovelas. Quando comecei a ler  ela era quinzenal e acabou passando a ser mensal, agora não vai ter mais 🙁

Eu fiquei muito chocada, triste e decepcionada. A Revista Capricho deixou de ser uma simples revista quando eu pude contar em todos os momentos com ela. Eu cresci acompanhada por ela.

Nunca vou me esquecer de quando comprei a minha primeira Ch. Eu tinha 12 anos e estava em Copacabana indo para a casa da minha avó, olhei para a banca e vi uma capa incrível da Miley Cyrus. Quando cheguei não conseguia falar de outra coisa, a não ser sobre a revista. A minha tia-avó  e a minha avó me deram dinheiro e eu fui toda feliz comprar com o meu pai aquele objeto, que eu nunca pensei que iria me acompanhar por 7 anos.

Essa foi a minha primeira Ch <33  Foto: www.idealclick.net

Essa foi a minha primeira Ch <33
Foto: www.idealclick.net

Eu me apaixonei por todo o seu conteúdo e desde então acompanho a revista, o site e vários produtos da marca. Tornou-se algo confiável para mim, como se fosse uma melhor amiga.

Já vi várias mudanças no design da revista e lembro como era difícil na época me acostumar, imagina agora…

Eu levava a minha revista sempre que chegava na minha casa para o colégio no dia seguinte e passava o recreio e os intervalos inteiros olhando com as minhas amigas aquelas páginas mágicas e viciantes.

Como esquecer os Colírios Ch? E a Galera Ch, que você tinha a chance de participar e poder aparecer um texto seu na revista? E o NoCH que era um festival de shows em SP? E a Balada Ch que teve em várias cidades? Eu me lembro do evento deles que fui para ver o filme que fizeram para as meninas que não podiam ir para Sampa ir no NoCH.

Foto: Isabela Barcellos

Foto: Isabela Barcellos

E a galera que faz a revista é incrível. Já troquei emails com a Tati Schibuola que é a editora da revista impressa e a mesma é um amor <3 Uma vez, eu falei com ela que não entendia porque as assinantes não recebiam brindes como as leitoras que compravam na banca e ela me respondeu superfofa como sempre e pediu para mim o meu endereço. Lembro que eu passei mal um dia e fiquei no hospital um bom tempo e quando eu cheguei a casa tinha uma caixa enorme para mim.

Era uma mochila Ch cheia de produtos Ch. Eu nunca vou me esquecer de como aquilo me alegrou ao voltar do hospital. Dentro dela tinham cadernos, maquiagem, calcinha, hidratantes, nécessaire… Era tanta coisa dentro de uma mochila e veio uma cartinha superfofa da Tati.

Como não rir com a Coluna do Jerri? Eu acho que tinha ele no Orkut HAHAHAHA E sempre foi muito engraçado e simpático.

Conheci a Marina Bessa, editora da revista online, no evento que teve no Rio. Supercarinhosa e atenciosa.

Eu, Marina Bessa e algumas leitoras <3

Eu, Marina Bessa e algumas leitoras <3

E quando pude conhecer o fofo do Colírio Matheus Emmerich?

Eu, Matheus e uma amiga <3

Eu, Matheus e uma amiga <3

E o diretor Rodrigo Braga do filme do NoCH?

O melhor de tudo foi quando saímos no site!!! Eu queria gritar pro mundo que saí no site da minha revista favorita hahaha

Foto do site da Ch e meu Insta :)

Foto do site da Ch e meu Insta 🙂

Foto do site da Ch e meu Insta :)

Foto do site da Ch e meu Insta 🙂

Aprendemos a nos apaixonar pelos textos da Bruna Vieira que sempre ficam na última página <3

E sempre queremos saber as novidades de NY e Disney com a Karol Pinheiro.

Sem contar das dicas da Giovana Ferrarezi que sempre nos ajudam…

As edições especiais sempre uma melhor que a outra e as capas diferentes para a mesma revista em que você podia escolher?

Além de muitas outras pessoas que fazem com que a Capricho seja, pelo menos para mim, a melhor revista adolescente.

Qual revista já organizou viagens para a Disney com as suas leitoras? Nos acompanha diariamente online? Teve festival de música? Teve programa de moda e de colírios na tv? Tem todos os tipos de produtos possíveis que te acompanham durante o dia? Sim, você senhora Capricho.

Os assuntos que eu tinha mais vergonha eram tratados quando eu a lia, virou um costume, não me imagino não fazendo isso.

Tenho uma coleção de revistas Ch desde 2009 até agora e a alegria sempre foi à mesma ao ver que chegou do correio uma revista linda embrulhadinha que eu estava louca para ler.

Nunca imaginei que ontem receberia a minha última Ch, abri com alegria como sempre ainda mais quando vi que a Demi estava na capa hahahah

Foto: Isabela Barcellos

Foto: Isabela Barcellos

Vai gerar saudades e como… Eu pensei que isso fosse acontecer na época dos meus filhos, ou que não fosse acontecer, porque não queria pensar de forma negativa.

Isso apenas prova que essa “simples” revista gerou momentos felizes que vão trazer lembranças e como é bom que isso seja possível.

Ninguém morreu, vamos continuar com essa galera toda só que com conteúdo digital. Mas ainda existirão livros e edições especiais impressas. Ela ainda vai nos acompanhar nas redes sociais, nos objetos diários e agora vai ficar ainda mais grudadinha na gente dentro do nosso celular.

Para não ficar triste porque sei que material digital é bem diferente de segurar e sentir o cheirinho de folha nova pense em quantas árvores deixarão de morrer por conta disso.  E que agora os conteúdos digitais estarão mais completos do que nunca e com o máximo de atualizações diárias.

Deu pra perceber que sou uma fã rs

Você Também Poderá Gostar

3 Comentários

  • tatigjardim@terra.com.br'
    Reply Tati Gallo 3 de junho de 2015 at 20:22

    Acho que as próximas gerações não saberão o que é papel! rs
    Também fiquei nostálgica qnd soube!

    • Reply Isabela Barcellos 23 de junho de 2015 at 17:47

      Tati, concordo com você! Nada como sentir as folhas também rs

    Deixe seu comentário