Beleza, BEM ESTAR, Cabelo, MODA

Do ruivo ao loiro!

7 de setembro de 2015
(Foto/Reprodução: Bianca Ximenes)

Isso mesmo que você leu no título da matéria. Saí do vermelho (ou do resto que tinha) para o louro platinado (ou quase isso). Ainda estou assustada com a cor que ele chegou – não pense que é algo ruim, porque não é –, mas completamente satisfeita. Confesso que queria ainda mais cinzento, mas sair do vermelho não é nada fácil. Vou contar para vocês o que eu fiz para chegar ao resultado!

Para começar com tudo, eu dei a louca um dia e decidi fazer aquele ombré hair que chega bem próximo a raiz, mas não completamente. Não sou branquela, sou meio morena, logo queria que os fios ficassem bem clarinhos, quase platinados para não ficar de todo estranho. Ok. Há duas semanas (mais especificamente dia 25/08) eu fui fazer uma mecha teste e adivinha!? A mecha ficou rosa. ROSA! O cabeleireiro – um beijo, Leandro! – disse que não ia dar para fazer, porque o cabelo ficaria manchado e que assim ficaria feio, que eu ia odiar e acabar jogando tinta para tirar depois. Ele conversou comigo e perguntou se eu não gostaria de voltar lá na semana seguinte para tentar clarear um pouco, fazer aquelas mechas luz, sabe? Alguns tons mais claros que seu tom natural, ou seja, eu ia fazer mechas no tom de mel para ir clareando aos poucos. Entenderam?

Marquei para fazer isso na semana seguinte e, na sexta dia 04/09, cheguei ao salão no horário marcado, às nove da manhã. O Leandro – cabeleireiro – pediu que eu levasse uma marmita e acabei levando mesmo. Ok. Ele deve ter começado a fazer o meu cabelo as 9:10, 9:20. Começou a descolorir e, surpreendentemente, as mexas estavam abrindo para o amarelo/branco. AMEM! Ou seja, ia conseguir fazer o que eu realmente queria. Sabe que horas ele terminou de DESCOLORIR o meu cabelo? Por volta das sete e meia, oito horas. Juro! Não estou brincando. Ainda bem que, além da marmitinha com o meu almoço, levei biscoito também. A cor do cabelo já tinha aberto pra caramba, ainda bem, e aí fomos lavar. Algumas mechas ainda ficaram meio rosadas e eu até que gostei, sabia? Sério, mesmo sendo bem pouquinhas. Depois fomos matizar. Ele fez um mix com vários – sim, vários – matizadores, um mais escuro que o outro e misturou com alguma máscara de tratamento para diluir tudo e aplicou no meu cabelo. Devo ter ficado uns vinte ou trinta minutos com esse coquetel molotov nos fios e cabô. Ainda bem. Resumindo: fiquei quase treze horas no salão para conseguir arrumar minha jubinha. Não tirei foto do passo-a-passo que ele fez, porque eu estava “sozinha” lá. Mas segue o antes e depois.

(Foto/Reprodução: Leandro Grafino)

(Foto/Reprodução: Leandro Grafino)

Sou novata nesse mundo das louras, então minhas donzelas, se vocês souberem algum matizador ou desamarelador e quiserem me indicar, estou aqui linda e loira para testar. ♥

Até a próxima, lindezas.

Beijos.

Você Também Poderá Gostar

Comentários

Deixe seu comentário