COMPORTAMENTO

Uma carta às mães, de uma futura mãe

21 de fevereiro de 2016

Olá, mamães.
Não, eu não estou grávida. Na verdade, estou bem longe dos planos de gestação. Hoje eu só quero agradecer as mamães que se recusaram a participar desse desafio que está viralizando nas redes sociais.
Eu quero agradecer, primeiramente, como mulher. Nós temos o poder de gerar uma vida, mas não o dever. E não querermos filhos nos torna más pessoas frente a sociedade. Lembro-me das vezes que reagi com um “que merda” ao descobrir que alguém estava grávida e a criança não era planejada.
Tem coisa mais linda que mulher grávida? Depende do ponto de vista. Para quem é lindo?
É para a mulher que sente dores, fica descabelada, cheia de olheiras? Talvez para quem tem que ser pai e mãe, tendo um homem ou não ao lado? Ou para quem não tem como se sustentar e agora é responsável por outra vida?
Vejo várias mulheres romantizando algo que ao chegar mais perto me dá medo. Mas é um medo danado. Não creio que há uma mãe que não tenha chorado de desespero porque não conseguiu escovar os dentes. Ou porque queria dar a vida para não ver seu filho doente. Isso eu acredito, não há amor maior que o de uma mãe por um filho.
Até porque você não deveria tratar isso como uma profissão, não é mesmo? Tem gente que é tipo: eu amo ser mãe, como amo ser jornalista, médica, engenheira..
Essa é uma outra crítica. Depois que a mulher casa, vira a esposa de fulano. Depois que vira mãe, é a “mãezinha de ciclano”. Cadê sua personalidade? Você, mulher, profissional, dona de sua vida. Você é você, antes de qualquer coisa.
Seu filho virá em primeiro lugar, mas “ser mãe”, não.
Então, meu muito obrigada a todas as mulheres que se recusaram a participar dessa competição. Seus filhos não deixaram de ser teus filhos por isso, e nem vocês são piores que as outras. Vocês apenas são mulheres realistas. E, talvez, se não houvesse tanta romantização (e preconceito) com o modo como tratam a maternidade, mais mulheres estariam ciente de seus reais compromissos.
Mais uma vez, obrigada.

Você Também Poderá Gostar

Comentários

Deixe seu comentário