COMPORTAMENTO

Quero te dar

8 de julho de 2016

É isso mesmo. Não quero receber flores e nem ligação no dia seguinte, eu só estou interessada em sexo. Para ser mais sincera, eu só quero satisfazer minhas necessidades com alguém real e não um objeto de plástico.

Sabe, eles até quebram um galho, às vezes a Amazônia inteira, mas eu sinto falta de algumas coisas. Sou uma pessoa de toques (e TOC’s também). Gosto de sentir a mão do meu parceiro no meu corpo, deslizando, me arrepiando. Tenho um fetiche especial por mãos e ainda não inventaram vibrador com essa função.

É isso. Eu não quero ficar de papo, quero falar contigo só para marcar o dia e a hora. Não é amorzinho, nem transa baunilha. Como no texto da E. L. James, eu quero é “foder com força”. Sair da mesmice, matar minha vontade.

Não, eu não sou puta. Eu só estou dando voz aos meus desejos. Cansei de me autorepreender, me castigar e pensar no que os outros vão falar/pensar. Eu quero mais é que os outros se fodam também, porque você sabe né? Se combinar todo mundo transa.

Eu sou mulher e nem por isso tenho que esquecer que tenho libido, que meu corpo pede. Muito menos esquecer que eu me excito, que eu olho mesmo, que eu taro mesmo, porque eu quero e posso. Nada nesse mundo é proibido pra mim.

Então é isso. Não me venha com desculpinhas para me amarrar, porque hoje eu realmente só quero dar.

Você Também Poderá Gostar

1 Comentário

  • Reply Carol Danelli 9 de julho de 2016 at 10:20

    Que texto! Viva a liberdade!

  • Deixe seu comentário