Browsing Category

Relacionamentos

COLUNAS, Relacionamentos

“Eu não vivo sem ele”, dizia ela

27 de dezembro de 2016

Todo mundo já ouviu na vida aquela famosa frase sair da boca da sua melhor amiga, irmã ou a garota que você acabou de conhecer na balada. “Eu não sei viver se ele…” entre soluços e olhos vermelhos de tanto chorar. Existem muitas pessoas que passam por essa situação. Acredito que você a encontre principalmente naqueles relacionamos “iô-iô”, que todo mundo já viu eles terminarem umas milhares de vezes e sempre é o mesmo drama. Continue Lendo…

Relacionamentos

Amar é arte

30 de agosto de 2016

Um certo sociólogo disse uma vez que “vivemos em tempo líquido, nada é para durar” e de certa forma transformamos uma frase sobre consumo em realidade também nos nossos relacionamentos. Atualmente vivemos em uma sociedade baseada em amores de Tinder, contatinhos assumiram o lugar das mensagens especiais e os crushs substituem aquela pessoa única. As pessoas estão doentes e o sintoma mais presente é a falta de esperança.

Continue Lendo…

Boys, Relacionamentos

Hoje sua roupa, amanhã sua vida!

19 de agosto de 2016

 

Indico que você leia esse post escutando a seguinte música: https://www.youtube.com/watch?v=NlxFf40Lqx4 <3

Antes de começar o post, devo citar que sei que existem algumas pessoas que “precisam” ser dependentes de outras, isso ocorre por fatores psicológicos e afins que eu não sei bem explicar, mas um conhecido meu que estuda medicina me informou e é real. Ele me disse também que em porcentagem, esse tipo de transtorno psicológico – se é que posso chamar assim – atinge mais mulheres que homens. Tendo dito isso, vamos ao post! Continue Lendo…

Relacionamentos

Manual do Tinder, escrito por mulheres

27 de junho de 2016

Esse post é dedicado a todos os migos e crushs perdidos nesses apps de relacionamentos como o Tinder, Happn, Fresh… por aí vai! A ideia surgiu num papo entre amigas onde todas sempre tinham ressalvas antes de dar like na foto de algum boy. Para ajudar as amigas a achar o crush certo e também dar um help pros boys pararem de tomar dislikes, às vezes, por bobeira. Vamos lá? Continue Lendo…

COMPORTAMENTO, Relacionamentos

Odeio o Dia dos Namorados

7 de junho de 2016

Conforme o tempo passa as suas amigas começam a casar e você começa a ser convidada para casamentos, chás de bebês/panelas/casa nova e menos para festas de 15 anos. Você provavelmente está se formando, indo morar sozinha, mas a pergunta que não quer calar está lá: “mas, e os namoradinhos?”. Continue Lendo…

Relacionamentos

Faça o meu amor valer a pena

24 de fevereiro de 2016

Quando sabemos que é a hora certa? E quando se trata de pessoas, como saber que ele é o cara? Um dia desses conversando com um amigo, eu disse que para me tirar da posição de solteira teria que realmente valer a pena. Mas o que seria isso?

Continue Lendo…

COMPORTAMENTO, Relacionamentos

Moço, essa carta é pra você

24 de novembro de 2015

Oi moço, como vai? Não sei se já nos conhecemos ou se você está no meu futuro. Sei que pode parecer um pouco estranho eu estar escrevendo para o futuro, mas é que eu tô um pouco cansada, sabe? É, cansada desses carinhas bombadinhos, desses amores de Tinder e das noites vazias que tenho passado, mesmo que acompanhada. Então eu quero dizer algumas coisas para você, que ganhou a chance de me conhecer além do meu batom vermelho. Continue Lendo…

Boys, Papo Calcinha, Relacionamentos, Sexo

Sobre o que eu não falo

17 de maio de 2015

Eu poderia puxar um “oi, como vai?” com você e logo em seguida jogar em seu colo tudo o que penso, que sinto e todas as respostas que espero de você. Poderia dizer que não consigo parar de pensar em você, que vários outros me interessam sim, mas nenhum deles causa o frio na barriga que causa quando você me diz que está com saudade. Ah, falando nisso, se você soubesse o tesão que eu fico quando você fala isso, repetiria mais vezes.

Continue Lendo…

Boys, Relacionamentos

E os namoradinhos?

17 de abril de 2015

Sempre tem aquela tia perguntando no almoço de domingo “E aí, como vão os namoradinhos?”. Passei parte da minha vida respondendo: “tem não, tia. Tá fraco!”. Crescemos escutando perguntas como essa, ou se já pensamos em casar, quantos filhos queremos ter.

Quando vivemos um tempo solteiros, começam a achar que temos algo errado, dedo podre, nenhum namoro dura: “com certeza a culpa é sua, você é fodinha!” É quase inadimissível ficar com a mesma pessoa por quase um ano e ao terminar ser porque não deu certo. “Mas só agora? Aaaah, ficou de saco cheio!”. Continue Lendo…